12 de novembro de 2017

Impressora 3D

O mecanismo da primeira impressora construída pela equipe é do modo convencional. O injetor de material aquece e derrete o filamento de plástico e movimentando-se nos eixos X e Y(que tem seus próprios motores), injeta-o em uma base de maneira a criar camadas.

A cada camada criada, a impressora se movimenta no eixo Z, onde se desloca a extrusora para cima. E o tempo do processo depende da complexidade do modelo a ser impresso.

No momento, estamos projetando uma segunda impressora 3D, levando em consideração o aprendizado que tivemos com a primeira.

Neste projeto também utilizaremos os movimentos dos eixos através de um sistema cartesiano. O que muda é a adaptação do projeto CoreXY, e sua base é móvel no eixo Z; desta forma, após criar uma camada, a mesa se desloca para baixo.